1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

360º

Gosto de te ver, de todos os ângulos, por dentro e por fora.Gosto de saber o que pensas sobre o mundo e sobre a vida, como gosto de saber os pormenores mais pequenos e aparentemente mais banais de cada um dos teus dias.
Gosto que te mostres, e de me mostrar a ti. Porque sei que é das coisas mais pequenas que se fazem as coisas grandes, por isso o quotidiano me fascina. E ao mesmo tempo os grandes temas, aqueles sobre os quais nem sequer temos ideias acabadas, e mesmo assim arriscamos partilhar conceitos e opiniões, da forma mais simples, como se nos despíssemos por dentro.
Atrai-me poder ser vulnerável, como nunca me atraiu antes. Atrai-me poder confiar em ti, pôr-te nas mãos cada meandro do que penso, expôr-me inteiramente e não ter medo. Atrai-me não ter de fingir, nunca ter de fingir, nunca ter de calar.
Atrai-me ver-te fazê-lo, abrires-te assim, atrai-me cada vírgula pequena da tua vida, atrai-me cada prega do teu corpo. Atrai-me expores-te a mim sem personagens e sem reservas, atrai-me saber que partilhas comigo até os teus medos, até as tuas inseguranças.
Atrai-me que te me reveles sem máscaras, sem maquilhagem, sem roupas, sem penteados. Atrais-me de manhã pelo teu ar puro, desguarnecido, sem protecção. Quero-te de uma forma crua e simples, e quero-te cada vez mais de cada vez que te abres a mim e me puxas para dentro desse antepenúltimo círculo de intimidade de onde cada um de nós bane quase toda a gente.
Há quem não perceba que a mulher que sai a noite, a mulher produzida, arranjada, a mulher no seu melhor é a mesma mulher que acorda despenteada e deslavada, e que esse é apenas outro ângulo dela, que pode ser tão belo como outra coisa qualquer. Que a mulher que te cita Neruda é a mesma mulher que canta Toni de Matos. Mas que, acima de tudo, é bom poder conhecer e amar a 360º, é bom poder amar sem reservas de espaço nem de tempo nem de momentos. Não precisas de gostar de tudo, mas conhecer tudo permite-te viver outra forma de amar. É bom poder amar quem se te entrega completamente, sem resguardo, e quem te abre os braços a que te entregues assim.
E há quem não entenda que depois de amares assim, depois de amares uma pesoa inteira, dificilmente vais chamar amor ao que sintas por alguém que só vejas por um lado.

2 thoughts on “360º

  1. 27/10/2013 at 22:12

    Bravo!!

  2. 28/10/2013 at 00:36

    Margarida,

    Obrigado! :)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.