1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Começa Hoje A Haver Gente De Trinta Anos

redhead readingDas coisas importantes de hoje: Borges morreu há trinta anos. Amanhã vai haver pessoas de trinta anos de idade que nasceram depois da morte de Borges. Isto é, de alguma forma, um marco. Há uma geração de gente nascida entre o Aleph e o Livro de Areia que não é velha ao ponto de Borges ser uma novidade e não é suficientemente nova para Borges ser só um clássico; gente que sabe que, quando nasceu, a grande literatura não estava toda feita, e que, assim, a sabe reconhecer quando, agora, quotidianamente, a vê – ainda – nascer. Há quem saiba distinguir que a literatura nova não se opõe à antiga; a polaridade é, outrossim, entre o que é bom e o que é mau, entre o que tem valor e o que apenas entretém. Nem sempre é fácil ver isto de perto; as coisas maiores, tal como a terra, só de longe se percebe serem redondas.

Hoje, em que começa a haver gente com trinta anos que nasceu no após-Borges, vale a pena recordar o que disseram dele: que o que escrevia não tinha mérito porque se perdia em teorias e fantasias e em jogos de ideias e de palavras, e não abarcava o real. Estavam na moda os existencialistas, nunca deixaram de o estar, ainda hoje voltam de vez em quando à tona dizendo que só o real e o vivido são úteis e fazem sentido; como quem critica Dali por pintar coisas que não existem; como quem acusa Shakespeare de falar de fantasmas e fadas; como quem critica Borges, por falar de livros infinitos.

Na vida, como nos blogs, há quem critique sempre os outros por não falarem das coisas que não lhes agradam, ou que não entendem, ou que não são as mesmas de que falam; e, frequentemente, ao mesmo tempo, urdirem panegíricos a quem conta histórias de um suposto real que na verdade é inventado, ao contrário dos que, sem nunca dizerem onde vão nem o que fazem nem o que sentem, tocam mais fundo no âmago da alma e nas emoções dos vivos, falando de tudo menos da realidade.

One thought on “Começa Hoje A Haver Gente De Trinta Anos

  1. 15/06/2016 at 09:01

    Obrigada, estava mesmo a precisar de ler um texto assim num dia como o de hoje.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.