1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4.00 out of 5)
Loading...

Foder Por Amor

Nunca fodi por amor. Só fodo por tesão, por te querer o corpo até ao fundo, até à alma. Nunca fodi por amor, eu que já fodi por ter tesão por tantas coisas, tesão por corpos que não amei, tesão por cus cujas donas não mereciam ser amadas, tesão por mamas cujas donas não queriam ser amadas, só fodidas. Nunca entendi as fodas sem tesão, eu, que sou simples, sem grandes complicações, nunca entendi que se fodesse por piedade, talvez porque mesmo cheio de piedade eu ainda tenha tesão (lá por quem tenho, e se não tenho, não se fode), nem entendo que se foda por carinho, ou por convívio, ou por estar frio, ou porque sim. E, no entanto, já fodi quase nestas circunstâncias todas, mas nunca pelas circunstâncias, fodi, quando fodi, por ter tesão. E nem tudo me dá tesão. Conservo em mim a capacidade de passar pela vida com a pila medianamente mole, a maioria do tempo, de não ser inoportunamente incomodado com o sangue a bater mais forte sem motivo e sem razão. Consigo sobreviver à beleza, a um rosto luminoso, a um corpo curvilíneo, a um par de mamas que me seja apontado, sem que em mim se levante ferro. Mesmo o mais perigoso teste, o da conversa inteligente, do humor fino, a afinidade intelectual me deixa moderadamente incólume. Não sei quantificar o que me dá tesão, fazer disso uma receita de contas, pesos, medidas. Só a conheço quando a sinto, quando a vejo, uma fórmula perdida, um cheiro que se recorda mas não se sabe explicar, nem descrever, nem produzir. E é daí que nasce, a vontade da pele, o desejo de te mergulhar nos olhos, me afogar nos teus cabelos, de me dobrar em mil mãos para te apalpar o corpo todo, de te agarrar as nádegas e te chupar os seios, de te beijar a cona, de te foder o cu. Dirás que sinto tudo isso porque te amo. Dirás, porque me conheces, que é o amor que me faz ver tudo isso e sentir tudo isso em ti. Digo que não. Que isto é tesão. E que a sinto, sem a saber explicar, sempre que te vejo, sempre que te toco, sempre que passas por mim. Todos os minutos de todos os dias de todos os meses. Amo-te, sabe-lo, abusas disso para presumir entender-me. Vês-me por dentro, porque te me mostro, sem capas nem roupas nem reservas. Mas mesmo nu não entendes o processo. Dás-me tesão. Quero foder-te e abraçar-te porque me dás tesão. E amo-te, mas isso é irrelevante, excepto por seres ao mesmo tempo quem eu amo e quem me dá tesão. O que é uma grande coincidência. Imagina se só te amasse? Se calhar sou estranho. Mas ainda bem. O amor dá-me tesão.

One thought on “Foder Por Amor

  1. pcma
    10/05/2018 at 21:17

    num fodi com meu amor de infancia que casou e eu casei ficamos embaraçados frente a frente sera que estamos ainda ligados pela paixão?…. como seria?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *