1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 4.00 out of 5)
Loading...

Imbolc No Admirável Mundo Novo

Não há comunidade se não há nada em comum, se cada vez somos mais distintos, mais diferentes dos vizinhos.

Quem não vá à igreja, ao futebol, ao bar de sempre, às conferências de gamers, aos plenários do sindicato, às reuniões da associação de pais; quem não tenha, diariamente e há meses, um grupo de amigos num chat no telemóvel, quem não seja comentador de um blog, assíduo de um subreddit qualquer; quem não tenha os amigos da bola, do ginásio, do voluntariado, do cabeleireiro – quem tenha só uma família, um emprego ou dois, um hobby que se faz sozinho, amigos sem rituais nem hábitos, dá por ele, eventualmente, a não pertencer a nada.

E isso, não sendo mau, isola-nos dos rituais que marcam o passar do tempo. Imbolc, o meio-caminho entre o solstício e o equinócio, foi desde o início o tempo de pensar na Primavera. Hoje, quando a fertilidade já não quer dizer sobrevivência – nem a da terra, nem a do gado, nem a dos ventres – quando já não nos unimos em torno disto, quando já não acreditamos que uma egrégora se forma quando juntos queremos e pensamos na mesma coisa, o Imbolc já é só mais um dia, da senhora das candeias para uns, da marmota para outros, de pensar em inícios e em primaveras para uns poucos, que se detém a pensar quem é, afinal, a sua comunidade.

2 thoughts on “Imbolc No Admirável Mundo Novo

  1. 16/02/2018 at 14:16

    Admirável Fundo Novo. ;)

    1. 16/02/2018 at 14:28

      no fundo é isso, Patife ;)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *