1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...

O Terceiro Sexo

love is blindQuando amas tornas-te de um terceiro sexo – um sexo que só sente atracção pela pessoa amada. Um sexo que não tem oposto, e que portanto é impossível cativar.

Quando te apaixonas podem desfilar-te mulheres nuas pela frente, fazer paradas de strippers pela avenida, sentar-te putas ao colo, nada te diz nada. É talvez um pouco incomodativo – sabes que era suposto teres tesão, foste educado para valorizar o trabalho das pessoas, e de alguma forma sentes que as estás a ofender ao continuar impassível.

Quando amas não ficas cego, nem deixas de distinguir o feio do bonito, nem o sexy do banal. Mas o desejo, esse, é por quem amas. As outras são como a fruta dos quadros, não dão vontade de comer.

O amor é um golpe de estado na luxúria, muito pouco democrático.

Ou então nada disto é assim: tudo é ilusório, convencimento, wishful thinking, invenção dos poetas, esses bandidos que inventaram o amor.

6 thoughts on “O Terceiro Sexo

  1. 15/03/2014 at 21:53

    Este tinha que comentar :)

    Sabes que eu acho que deve ser assim. é isso que distingue o amor de outras coisas. Mas a unica vez que experimentei uma relação que me parecia ser assim, afinal tambem me desiludi e fui enganada na mesma. De outras formas, mas enganada. Espero ainda encontrar alguem assim

    Ja viste o convite que te enviei?

    1. 16/03/2014 at 00:37

      Tita, o amor é um tema complicado porque se o usarmos para designar um estado em concreto ficamos sem nome para tudo o que está aquêm disso. Se por um lado temos gente como a Helen Fisher a procurar definir (e bem) o que é isso do amor em concreto, tens por outro um mundo inteiro que se habituou a um conceito muito mais amplo de amor.

      Escrevia eu para aí outro dia algures que o que é difícil na explicação do amor é que o amor, sendo intrinsecamente humano, só pode ser visto numa abordagem perspectivista. E isso faz com que possamos estar todos a dizer coisas diferentes e termos todos razão.

  2. 16/03/2014 at 00:33

    Achei apropriado ao post…

    1. 16/03/2014 at 00:38

      Ice,

      E é, e é! E verdade, também! :)

  3. 16/03/2014 at 00:34

    Pardon my french…
    ;)

    1. 16/03/2014 at 00:39

      Isto é um blogue poliglota. É só línguas, e cenas. No worries :)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.