1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 3.00 out of 5)
Loading...

Quando É A Sério, É Só Evitar Indigestões

Não há cá comidas afrodisíacas. Há quem pense em foder e quem não pense, há quem tenha vontade e há os outros, há dias para isso e outros que não. Comer é afrodisíaco se não der jeito foder com fome, se os roncos da barriga se confundirem com os sons do sexo, pausas de perplexidade (que é que ela está a fazer? a ronronar? ou isto serão gases?) até que alguém confessa “foi a minha barriga”. Noutras alturas, já se sabe, pode cair o mundo que nem ouves nada. Mas a comida, só por si, não afrodisia grande coisa, que o digam os convivas desses jantares de namorados em que se bate com o cotovelo no casal do lado e se comem pratos manhosos com nomes pirosos. Quando é a sério, nem ligas muito à comida, já comes tudo com os olhos. Quando é a sério, qualquer porcaria serve, a companhia é que importa. Quando é a sério, acabam os dois a rir juntos dessa ideia parva de que, entre o corpo, a cabeça, as mãos, o coração, os lábios ou as pernas, a atracção comece, acabe, ou passe sequer pelo estômago.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.